12 março 2017

[ Resenha] A Máquina de contar Histórias-Maurício Gomyde


  Sinopse: Na noite em que o escritor best-seller Vinícius Becker lançou A Máquina de Contar Histórias , o novo romance e livro mais aguardado do ano, sua esposa Viviana faleceu sozinha num quarto de hospital. Odiado em casa por tantas ausências para cuidar da carreira literária, ele vê o chão se abrir sob seus pés. Sem o grande amor da sua vida, sem o carinho das filhas, sem amigos... O lugar pelo qual ele tanto lutou revela-se aquele em que nunca desejou estar. Vinícius teve o mundo nas mãos, e agora, sozinho, precisa se reinventar para reconquistar o amor das filhas e seu espaço no coração da família V. Uma história emocionante, cheia de significados entrelaçados pela literatura, mostrando que o amor de um pai, por mais dura que seja a situação, nunca morre nem se perde

                                – Acho que a vida podia ser mais simples, sabia? -página 127 


Romance || 192 Páginas || Cortesia Novo Conceito|| Compare & Compre || Classificação: 5/5

Em seus livros Vinícius Becker, um famoso romancista, brinca de Deus e escreve histórias na medida certa para surpreender e comover seus leitores. Suas obras transbordam emoção e amor, porém na vida real seu dia a dia é repleto de dor e solidão. Enquanto seus livros fazem cada vez mais sucesso e suas obras emocionam mais e mais leitores, a vida familiar de Vinícius desmorona com a perda de sua esposa, aquela que era responsável por manter a família “V” forte e unida, a única que era capaz de superar a distância impostar por Vinícius e por seu trabalho constante. Agora, devastado pela perda recente, Vinícius percebe que precisa reconquistar suas duas filhas e fazer ressurgir o amor fraterno que um dia os uniu. E para isso ele irá abandonar todas as suas convecções e, de olhos fechados, se entregar ao amor e à cura que só esse sentimento é capaz de proSendo assim, posso dizer que a trama gira em torno do processo de perdão, cura e recomeço da família “V”. Por um longo tempo Vinícius fingiu levar a vida perfeita, tomando o caminho mais fácil enquanto sua família, enquanto as mulheres da sua vida, precisavam mais do que nunca do seu amor e do seu apoio. O problema é que, por mais que fujamos, as dificuldades sempre nos alcançam, e quando isso acontece Vinícius precisa decidir o que é mais importante para ele: o amor descrito em seus livros, ou o amor vivenciado em seu lar. Nesse momento, em busca do perdão, vemos um marido devastado e um pai decidido a mudar: ele perdeu sua esposa, mas não perderá também suas filhas.


Outro ponto positivo, além da escrita do autor, é o pano de fundo da história, que por ter personagens escritores dá espaço para infinitas citações tipicamente literárias. Além disso, temos a descrição de viagens que nos transportam para lugares incríveis, e o uso de uma misteriosa troca de e-mails que torna a leitura ainda mais misteriosa e fluída. Nesse ponto não posso dizer que me surpreendi totalmente com o segredo presente na trama, na realidade logo de cara já suspeitei do desfecho, mas ainda assim achei o artifício encantador. Outra minúcia que dá um charme especial à trama é a filha mais nova de Vinícius – Sério, não tem como não amar personagens infantis como ela, que como todas as crianças, dão leveza aos momentos mais difíceis da vida.
Entre tantos elogios positivos só posso dizer que adorei esse livro e que o indico sem medo para os fãs de romance. Na realidade, indico todos os livros do autor de olhos fechados.